Nota de esclarecimento

No dia 5 de julho de 2019, a Arquidiocese de Londrina tomou conhecimento, por meio de contato da Folha de Londrina, de uma carta aberta assinada por parcela das entidades da sociedade civil londrinense direcionada ao Núncio Apostólico do Brasil Dom Giovanni D’Aniello, pedindo providências para o que chamam de “infiltração esquerdista na Arquidiocese de Londrina” supostamente incentivada pelo arcebispo Dom Geremias Steinmetz.

Diante dos apontamentos tornados públicos, a Arquidiocese de Londrina esclarece:

– O arcebispo nunca se furtou ao diálogo, atendendo a todos indistintamente;

– Na sua função de pastor, o arcebispo está em plena comunhão com o Papa Francisco e seu presbitério e não age de forma que contrarie a orientação da Igreja em seus documentos;

– O arcebispo tem consciência que dentro da Igreja existem tensões e ideias diferentes, que, no entanto, sempre gravitam em torno do essencial: o Evangelho;

– A arquidiocese lamenta que no atual momento histórico, alguns posicionamentos da Igreja, cumprindo sua missão pastoral de cuidar dos mais fracos, sejam confundidos com ideologias;

– Como arcebispo de Londrina, Dom Geremias sempre valorizou e respeitou o trabalho de seus antecessores, procurando dar-lhe continuidade à luz da realidade atual;

– As manifestações da Igreja sobre assuntos públicos sempre são fruto de estudo e procuram refletir no aqui e agora da história o ideal do Evangelho. Os católicos sempre foram livres para acatar ou não as matérias que são puramente de índole pastoral.

Por fim, a Arquidiocese destaca que o arcebispo continua cumprindo o seu trabalho, como sempre fez, e está aberto ao diálogo responsável com todos, indistintamente.

 

Londrina, 8 de julho de 2019

Arquidiocese de Londrina

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese de Londrina

Plugin de comentários do Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *