Catedral recebe desinfecção para retomada das missas

A Catedral Metropolitana de Londrina passou  por uma desinfecção geral para a retomada das missas presenciais, após o encerramento das restrições de circulação por conta da pandemia da Covid-19. 

A primeira ação aconteceu durante a tarde de sexta-feira, onde uma equipe da empresa dedetizadora A Solução esteve limpando todas as áreas internas e externas da igreja. 

“No interior, a nossa equipe desinfetou bancos, confessionários, púlpitos, altar, imagens, escadas, vidros, além da sacristia e outras salas” – contou o diretor da empresa Carlos Roberto da Silva.  

“A limpeza é feita para garantir maior segurança aos fiéis que voltarão a frequentar a Catedral Metropolitana de Londrina” – enfatizou o Cura da Catedral, padre Rafael Solano Durán. 

Os colaboradores da empresa de dedetização também realizaram a limpeza e desinfecção de todas as áreas externas da Igreja, incluindo o estacionamento.  

O empresário Carlos Roberto da Silva explica que a desinfecção de ambientes combina tecnologia de aplicação de ponta e produtos extremamente eficientes no combate ao vírus (entre eles o Covid-19, o novo coronavírus, fungos e bactérias.

 “Importante salientar que os produtos são recomendados pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para esta finalidade”, explica Roberto.

No caso específico da desinfecção de ambientes, a empresa A Solução dá preferência a produtos biodegradáveis. “Isto é importante, já que requer apenas 40 minutos de afastamento do local desinfectado” – conta. 

 

 

 

Plugin de comentários do Facebook