O Quarto e o Quinto Mandamento

            Nesse artigo, conheceremos o quarto e quinto mandamentos da lei de Deus.

 

Quarto Mandamento: honrar pai e mãe

            Na sagrada escritura, o Senhor nos faz uma promessa referente ao cumprimento do quarto mandamento: “Honra teu pai e tua mãe, para que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra” (Dt 5,16).

            Esse mandamento nos obriga a amar e respeitar nossos pais, a obedecer-lhes em tudo o que não seja uma ofensa a Deus e a ajudá-los em suas necessidades. Se já faleceram, os filhos deverão oferecer missas e rezar por eles. Se forem vivos, mas com uma idade avançada e que precisem de cuidados, deverão auxiliá-los no que for necessário, se assim for possível. Os filhos que possuem pais difíceis de amar deverão amá-los com um amor sobrenatural, o amor de Cristo. Deve-se desejar sempre o bem, rezar e pedir a salvação eterna para eles.

            Há também deveres dos pais para com os filhos: dar-lhes os cuidados materiais; educá-los para serem bons cidadãos; proporcionar os meios necessários para que se desenvolvam intelectualmente, além de mostrar-lhes o caminho da fé e ensiná-los a serem filhos de Deus. Os pais criam os filhos para o céu. É uma obrigação batizar os filhos, assim que nascem e, quando tiverem a idade apropriada, colocá-los na catequese, para receberem todos os sacramentos da iniciação cristã.

            O quarto mandamento também nos obriga a amar a pátria. Devemos interessar-nos pela prosperidade do país, respeitar e obedecer às autoridades legítimas. Um bom católico deve também ser um bom cidadão. Mas como? Trabalhando bem e honestamente e cumprindo todos os seus deveres civis.

 

Pecados contra o quarto mandamento

            No geral, a desobediência de um filho configura-se como pecado venial ou, às vezes, nem é pecado. Mas se tiver a matéria grave envolvida, ele pode ser mortal.

            Odiar os pais; amaldiçoá-los; bater-lhes; insultá-los; ridicularizá-los seriamente, provocar uma grande dor ou ira ou negar ajuda diante uma grave necessidade, configura-se pecado grave.

            Não ser um bom cidadão, não seguir as leis e prejudicar o país.

             

Quinto mandamento: Não matar

            Todas as almas foram criadas por Deus. Portanto, se Deus deu a vida, somente Ele poderá tira-la.

            O quinto mandamento nos instrui a preservar e a amar a vida humana sob todos os aspectos e em todas as circunstancias. Dessa forma, planejar, ajudar ou tirar a vida de alguém, configura-se pecado mortal.

            Pecados contra o quinto mandamento

            Não é lícito tirar a vida de outra pessoa, a menos que seja necessário para manter a sua vida ou de outro (defesa pessoal ou de alguém).

            Aborto – a vida deve ser protegida desde o momento da concepção. O aborto direto ou querido como um fim ou como um meio, é contrário da lei moral. Portanto, o aborto configura-se um pecado mortal para quem se submete e quem realiza o procedimento.

            Agredir uma pessoa é um pecado grave contra a caridade.

            Dirigir um carro de forma imprudente ou alcoolizado, colocando em risco a sua própria vida e a vida de outras pessoas.

            Beber em excesso é um pecado contra a virtude da temperança, que pode causar danos à vida.

            Eutanásia e todas as formas que há na medicina para abreviar a vida. Somente Deus sabe a hora de nossa partida.

            Realizar laqueadura ou vasectomia é pecado mortal, tanto para quem se submete, bem como para o cirurgião que faz o procedimento. Não devemos nos mutilar e nem mutilar qualquer pessoa.

            *A pesquisa científica com seres humanos não se configura pecado, desde que seja observada a lei moral. Mas se a pesquisa causar danos nocivos à vida do individuo, então é pecado. O uso de células embrionárias é pecado grave.

            Mau exemplo: ferir a alma de uma pessoa é pecado grave. Devemos ser guardiões tanto do corpo, como da alma de nossos irmãos e irmãs.

           

            A partir desse artigo, vamos no examinar e ver em quais pontos devemos pedir perdão a Deus e recomeçar. Lembrando que os pecados graves somente são perdoados com o recebimento do sacramento da confissão e cumprimento da penitência. Recomendo também a leitura na íntegra desse capitulo, para melhor compreensão do assunto.

 

Andressa Pelaquim

Plugin de comentários do Facebook